GARIMPANDO ALGUMAS ANOTAÇÕES SOBRE FRANCISCO DE ASSIS

O Pai é para Francisco o Altíssimo, o Inefável, o Íntimo, o que está presente e operante em suas obras. Ele é o Bem, o Sumo Bem. Doador da Bondade esparramada em todas as suas obras, o jardim natural da redenção. Deus se faz Doador e Dom na casa do mundo, preparada para a morada do Filho e do Espírito Santo. Francisco vive trinitariamente de forma total, em comunhão de vida e afeto com o Pai que se espelha no Filho; com o Filho que se faz Irmão, e com o Espírito que reúne uma Fraternidade de Filiação. O Espírito gera a unidade de Pai e Filho, de Humanidade e Criação.  Expressa isso na oração que atravessa horas: “ Meu Deus é meu Tudo!”.

Louva um Amor que se dá por inteiro, agradece sua intervenção nos detalhes da vida e pede perdão por não amar o suficiente. Para expressar esta sua relação íntima com a Trindade, precisa de todas as formas de vida para colocá-las numa união amorosa. Derrama em suas palavras a certeza de ser mãe, pai, filho, irmão, irmã, esposo, esposa, noivo, noiva, amigo e amiga, Leão e Clara, Rufino, Ângelo e Jacoba de Settesoli.

Na Carta aos Fiéis escreve nos versículos 48 a 60: “E à medida que todos aqueles e aquelas fizerem tais coisas e perseverarem até o fim, pousará sobre eles o Espírito do Senhor e fará neles habitação em um lugar de repouso, e serão filhos do Pai celestial, cujas obras realizam. E são esposos, irmãos e mães de Nosso Senhor Jesus Cristo. Somos esposos, quando a alma fiel se une pelo Espírito Santo a Jesus Cristo. Somos seus irmãos, quando fazemos a vontade do Pai que está nos céus; somos mães, quando o trazemos em nosso coração e nosso corpo através do Amor e da consciência pura e sincera; damo-lo à luz por santa operação que deve brilhar como exemplo para os outros. Como é glorioso, santo e sublime ter nos céus um Pai! Como é santo, consolador, belo e admirável ter um esposo! Como é santo e dileto, aprazível, humilde, pacífico, doce, amável e acima de tudo desejável ter tal irmão e filho que expôs a sua vida pelas suas ovelhas e orou ao Pai por nós, dizendo: Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste. Pai, todos os que me deste no mundo eram teus e a mim os deste. E as palavras que me deste, eu lhas dei; e eles aceitaram e reconheceram verdadeiramente eu sai de ti e creram que tu me enviaste ( Jo 17 ); rogo por eles e não pelo mundo; abençoa-os e santifica-os. E por eles santifico-me a mim mesmo, para sejam santificados na unidade assim como também nós o somos. E quero, Pai, que onde eu estou, também eles estejam comigo, para que vejam minha glória em teu Reino” (Jo 17, 24).

Continua

Frei Vitório Mazzuco, OFM

logo1

FRADES FRANCISCANOS
Ordem de São Francisco – OSF
Igreja Anglicana Tradicional do Brasil

CONTATOS:
Site: http://www.fradesfranciscanos.com
E-mail: contato@fradesfranciscanos.com
Blog: https://fradesfranciscanos.wordpress.com
Twitter: @fradesosf
Facebook: https://www.facebook.com/ordemdesaofrancisco
Instagram: @fradesfranciscanos
YouTube: https://www.youtube.com/c/fradesfranciscanos
Google+: https://plus.google.com/u/2/+FradesFranciscanos/posts


Anúncios

Sobre Frei Fábio, OSF

Formando em Filosofia, Ministro Provincial da Ordem de São Francisco, OSF no Brasil, amante e um defensor da ecologia. Apoia e desenvolve trabalhos com moradores de rua, e os mais oprimidos pela sociedade, realiza palestras sobre franciscanismo, bíblia, ecologia, amorização.

Publicado em 10/08/2015, em Espiritualidade Franciscana, Formação e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: